E-mail marketing para advogados: utilizando esse recurso para prospecção de clientes
loader-logo

Morgana Alencar

Avatar
Advogada, Membro da Comissão Especial de Direito Digital da OAB/SP e escritora 

E-mail marketing para advogados: utilizando esse recurso para prospecção de clientes

Turivius: sua nova forma de fazer pesquisa jurisprudencial tributária

Um dos maiores desafios dos advogados é a prospecção de clientes. A tarefa não é fácil, já que existem restrições da OAB sobre o tema. No entanto, conseguir clientes observando os princípio da não-mercantilização da advocacia é possível com o e-mail marketing. Continue lendo esse artigo para descobrir como. 

Um bom relacionamento com a clientela aumenta as chances de fidelização e contratação para serviços jurídicos futuros, podendo ser reconhecido também como um meio de prospecção, através das tão desejadas indicações.  

Dentre os tantos recursos que podem ser aproveitados, o e-mail marketing para advogados detém um grande potencial para nutrição do relacionamento com aqueles que já são clientes, bem como para a prospecção de novos negócios. 

No artigo de hoje você verá importantes dicas para serem colocadas em prática no seu marketing jurídico. Acompanhe até o final! 

Aproveite para ler também:

Experiência do cliente na advocacia: saiba como se destacar!

O que é E-mail Marketing? 

Segundo o site Mailchimp, o e-mail marketing é um recurso que pode ser utilizado em conjunto com demais estratégias de marketing para promover serviços ou produtos de determinado negócio. 

Quando inserido no contexto da advocacia, o e-mail marketing deve ser utilizado como forma de compartilhar conteúdos relacionados às dúvidas de cunho jurídico, sendo uma ferramenta importante para manter clientes atuais engajados e também para conquistar potenciais clientes. 

Veja a seguir 5 dicas de e-mail marketing para advogados para colocar em prática no seu escritório de advocacia!

E-mail Marketing para advogados: 5 dicas essenciais para colocar em prática

1) Entregue conteúdo e gere valor 

Na sua estratégia de marketing jurídico, os e-mails institucionais que tenham por objetivo apresentar os serviços jurídicos prestados pelo seu escritório também podem ser encaminhados. 

Porém, é preciso ir além e entregar conteúdo rico para clientes e potenciais clientes. 

O e-mail marketing deve ser encarado como uma oportunidade de gerar valor para o seu cliente, entregando conteúdos que possam responder dúvidas do dia a dia e que façam parte do contexto em que eles estejam inseridos. 

Seu escritório possui blog, canal no Youtube ou redes sociais? 

Com o e-mail marketing é possível atrair ainda mais clientes para os outros canais utilizados. 

Leia também:

Linkedin para advogados: 5 dicas para aumentar sua autoridade no digital

Por exemplo, se você atua com Direito Tributário, poderia encaminhar um e-mail comunicando um novo posicionamento do CARF sobre determinada matéria. 

E, tanto para evitar que o e-mail fique longo demais, como também para aumentar o tráfego no seu site, direcionar, ao final, para um artigo de blog que foi produzido sobre o assunto. 

Para saber mais sobre a jornada de compra na advocacia e dicas para a produção de conteúdos, leia também:

Jornada do cliente na advocacia: entenda como funciona e comece a aumentar sua receita.

2) Faça pesquisas com a sua base

Ao investir em pesquisas com a sua base, o escritório de advocacia demonstra o interesse em prestar um atendimento personalizado, encaminhando um conteúdo que de fato seja interessante para seu cliente. 

Assim, você deixará de encaminhar e-mails em excesso e, quando o fizer, terá mais direcionamento sobre quais âmbitos do Direito são interessantes para cada cliente. 

Ao realizar pesquisas com a sua base, poderão ser mapeados quais temas são do seu interesse, evitando que e-mails direcionando para artigos de Direito Trabalhista sejam encaminhados para o seu cliente interessado em Direito de Família, por exemplo.

Recursos como o Google Forms é gratuito e fácil de usar, permitindo que você elabore uma pesquisa de forma simples e que vai fazer toda diferença no entendimento que você tem do seu cliente, contribuindo para melhorar a sua experiência como um todo.

3) Evite excessos

Diretamente relacionada com a dica anterior, a terceira dica de e-mail marketing para advogados é: evite excessos.

Ninguém gosta de ser bombardeado com o excesso de e-mails, sendo essa uma má prática que pode gerar incômodos e também pedidos de descadastros. 

Portanto, 2 e-mails por semana já representam uma quantidade suficiente para se fazer lembrar pelo seu cliente e mantê-lo atualizado com conteúdos que possam ser do seu interesse. 

4) Planeje-se!

Um erro facilmente cometido por aqueles que estão iniciando a produção de e-mail marketing consiste em “pular” a fase de planejamento e iniciar com a escrita. 

Por mais simples que possa parecer, é preciso ter um planejamento a fim de verificar o que é mais estratégico para o seu escritório naquele momento. 

Dentre todos os artigos, vídeos e posts que já foram produzidos é importante que sejam selecionados os conteúdos que façam mais sentido para a estratégia de marketing jurídico adotada. 

Considere, por exemplo, que o seu escritório fará, ao final do mês, um evento online para atrair novos potenciais clientes. 

Pensar o e-mail marketing de forma estratégica seria trabalhar formatos diferentes para gerar curiosidade sobre o assunto que será abordado no evento

Nas semanas que o antecederem, portanto, levante questionamentos comuns, aponte desafios e possíveis soluções. Ao final, reforce o convite para o evento, momento em que todas as dúvidas poderão ser resolvidas por advogados especialistas no assunto.

Dica extra: como já dito, e-mails longos costumam não ser lidos até o final, por isso a importância de ser objetivo, apresentando desde início o problema e as consequências de não solucioná-lo, entregando também possíveis soluções a serem colocadas em prática. 

5) Capriche no “assunto” e se destaque entre os demais

Algo definitivo para o aumento da taxa de abertura dos seus e-mails é um assunto chamativo e que se conecte com a realidade do seu cliente. 

Diariamente recebemos grande quantidade de e-mails promocionais e facilmente o e-mail do seu escritório poderia se “perder” dentre os demais.

Por isso a importância de uma comunicação personalizada desde o assunto, sendo essa uma oportunidade de destacar uma dor do seu cliente, aumentando as chances dele abrir o e-mail para saber do que se trata. 

Conclusão

Neste artigo vimos algumas dicas de e-mail marketing para advogados a serem colocadas em prática para fidelização e prospecção de novos clientes para escritórios de advocacia. 

Em conjunto com outras formas de produção de conteúdo, o e-mail marketing se torna importante ferramenta para escritórios de advocacia que desejam estreitar laços, gerar valor e aumentar sua carteira de clientes. 

Quer receber mais conteúdos sobre marketing jurídico, gestão e tecnologia para escritórios e departamentos jurídicos? 

Cadastre-se na nossa newsletter!

————-

A Turivius é uma startup jurídica que oferece soluções de pesquisa jurisprudencial e jurimetria integrada para escritórios e departamentos jurídicos. Nossa missão é transformar a inovação e tecnologia em valor agregado aos seu serviços jurídicos, contribuindo para uma gestão mais produtiva e estratégica.

Inscreva-se para receber notícias

Não perca nenhuma notícia publicada no blog da Turivius!

Turivius: sua nova forma de fazer pesquisa jurisprudencial tributária

Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Publicações Relacionadas