6 dicas sobre como ser um bom advogado tributarista
loader-logo

Equipe Turivius

Equipe Turivius
 

6 dicas para como ser um bom advogado tributarista.

Turivius: sua nova forma de fazer pesquisa jurisprudencial tributária

Se você acompanha nosso blog, certamente já sabe como funciona a vida de um advogado tributarista, não é mesmo? Se você tem interesse em enveredar por essa área, é fundamental saber, também, como ser um bom advogado tributarista

Isso significa que, para integrar um dos mercados mais promissores da atualidade, é importante seguir algumas dicas capazes de transformá-lo em um profissional completo, confiável e extremamente capacitado. Afinal, estará em suas mãos, como advogado tributarista, gerar caixa, cortar custos para seus clientes e compreender perfeitamente a complexa tributação brasileira. 

Quer saber como ser um bom advogado tributarista? Então leia nossas 6 dicas infalíveis! 

Como ser um bom advogado tributarista? 

Antes de qualquer coisa, precisamos deixar alguns detalhes claros: não existe uma fórmula mágica para entender como ser um bom advogado tributarista. 

Essa, assim como outras carreiras, exige muita dedicação, conhecimento e comprometimento para decolar. 

Entretanto, há, sim, algumas formas de sistematizar os objetivos de carreiras e transformá-los em metas que ajudam o profissional a se desenvolver e se consolidar como um bom advogado tributarista. 

O portal Migalhas, em artigo publicado em fevereiro de 2019, destacou a especialização em direito tributário como uma das mais promissoras para os próximos anos

Sabe o que isso quer dizer? 

Que os clientes estão cada vez mais conscientes da importância de um profissional que domine a complexidade  tributária do país e que seja, também, capaz de oferecer um serviço de qualidade. 

Vamos ao que interessa? Separamos 6 dicas de ouro para começar a trilhar uma bela carreira como advogado tributarista e construir uma reputação profissional de alto nível. 

1. Filtre sua área de atuação

Nossa primeira dica é que você defina a área em que deseja atuar. 

Ser um profissional generalista é interessante, mas ter conhecimentos aprofundados, especialmente no que diz respeito à complexa área de direito tributário, fará com que sua consolidação enquanto especialista aconteça de forma mais acelerada. 

Portanto, estude, dentre as três grandes áreas de atuação (consultivo tributário, contencioso administrativo  administrativo e contencioso judicial tributário), qual delas é mais afim a seus objetivos. Alternativamente, você também pode filtrar sua área de atuação por tipo de tributos, escolhendo, por exemplo, entre tributação direta ou indireta.

Feito isso, é hora de partir para a dica número 2. 

2.Especialize-se!

O trabalho de um advogado tributarista é inteiramente baseado em seu conhecimento de causa. Por isso, não basta ter afinidade com um tema. É preciso se tornar um verdadeiro especialista nele. 

Se sua escolha foi feita ainda na graduação, procure bolsas de pesquisa, projetos de estágio e cursos de aperfeiçoamento no segmento determinado. 

Depois da graduação, aproveite para investir em uma pós que amplie seu repertório na área específica, além de atualizar seus conhecimentos com aplicações práticas. 

Outra forma de se especializar é estudando por conta própria. Com a transformação digital, a internet se tornou a maior biblioteca do mundo, por meio da qual se pode acessar uma vasta gama de documentos, leis e informações. 

Se você se interessa pelos impostos aplicados no país, como o ICMS, Simples, IPI etc., pelas principais taxas públicas e privadas ou pelas contribuições sociais, busque conhecimento nos portais oficiais dos governos nacional, estadual e municipal e mergulhe fundo nos temas. 

3. Desenvolva sua visão de negócios

Um advogado tributarista invariavelmente precisa ser mais do que um advogado. É preciso que ele seja, também, um estrategista com visão sistêmica, e que entenda, não apenas de leis, mas de negócios. Afinal, seu trabalho muitas vezes estará focado na estratégia de negócio de uma empresa. 

Por isso, investir em conhecimentos sobre gestão e empreendedorismo é uma de nossas dicas de como ser um bom advogado tributarista. 

Mostrar aos potenciais clientes que entende de finanças, contabilidade, fluxo de caixa e até gestão de pessoas facilita a formação de alianças sólidas e torna o trabalho muito mais fluido. 

4. Crie vínculos com instituições de credibilidade

Contratar um bom advogado tributarista é uma das principais preocupações das empresas. Isso porque o profissional terá acesso a informações extremamente confidenciais e estratégicas para o negócio. Tomadas de decisão equivocadas por parte do profissional podem acarretar em prejuízos inimagináveis para as organizações. 

Por isso, como já era de se esperar, é comum que, antes de fechar negócio com o advogado, as empresas busquem referências e vínculos deste com instituições, escritórios e outros profissionais de credibilidade. 

Não perca oportunidades de realizar formações, participar de workshops, estágios e aprendizados com instituições e advogados renomados. Isso contará como fator positivo para o cliente, que entenderá seu vínculo como uma retificação de seus valores éticos, suas características e seu potencial enquanto profissional. 

5. Desenvolva habilidades de comunicação e memória

Essa é uma dica importante especialmente para quem está iniciando a carreira. Ao longo da graduação, certamente você percebeu a importância de saber se expressar com clareza e de memorizar informações jurídicas de uso frequente, certo?

Ao longo da vida profissional, isso se tornará ainda mais recorrente.

Portanto, aproveite o início da carreira para desenvolver habilidades e técnicas que facilitem a boa comunicação (como táticas de oratória, comunicação não-violenta, análise do discurso, entre outras) e que gerem gatilhos para memórias importantes, como a legislação tributária e a doutrina correlata. 

6. Saiba utilizar as novas tecnologias a seu favor

Essa é uma das mais valiosas dicas que você vai encontrar sobre como ser um bom advogado tributarista: saiba aliar novas tecnologias à sua rotina de trabalho. Como todo advogado atualizado sabe, o direito está passando por uma grande transformação, entrando numa nova era digital. Longe de “substituir” o advogado, as novas tecnologias têm um enorme potencial para poupar tempo, gerar eficiência e melhorar a qualidade dos seus serviços para seu cliente. 

A plataforma da Turivius, por exemplo, integra soluções de pesquisa jurisprudencial inteligente, jurimetria e gestão do conhecimento jurídico em uma única ferramenta, focada em direito tributário.

É uma tecnologia que te permite investir seu tempo no que realmente importa: estudar teses jurídicas novas e atender melhor o seu cliente. É ideal como uma introdução ao mundo jurídico digital na sua jornada rumo a ser um bom advogado tributarista. 

Quer entender mais sobre como funciona a solução da Turivius para a rotina do advogado ou do escritório de direito tributarista? Então peça um período de teste e conheça todas as funcionalidades oferecidas!

Inscreva-se para receber notícias

Não perca nenhuma notícia publicada no blog da Turivius!

Turivius: sua nova forma de fazer pesquisa jurisprudencial tributária

Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Publicações Relacionadas

principais classificações dos tributos

Principais classificações dos tributos

As principais classificações dos tributos no Brasil são as seguintes: vinculado e não vinculado, direto e indireto, fixo e proporcional, progressivo e